terça-feira, 21 de março de 2017

Dois irmãos são detidos por latrocínio em Prata

 
Ferramentas utilizadas na morte dá vítima 
 PRISÃO DE AUTORES DE LATROCÍNIO EM PRATA 
     Após constatação de Roubo seguido de morte, no bairro Progresso, todo o efetivo da Polícia Militar diligenciou no sentido de solucionar o crime. Ainda na madrugada o veículo da vítima foi localizado abandonado no bairro Oliveira. Três irmãos eram apontados como suspeitos do crime e indícios apontavam nesse sentido. Hoje pela manhã, recebemos informações que um dos suspeitos estaria em sua residência no bairro Progresso. 
     Em operação conjunta com a POLÍCIA CIVIL, os policiais deslocaram até a residência onde encontraram o menor infrator de 15 anos de idade e no acampamento da Chácaras Boas Novas (Antigo Campo de Aviação) foi localizado o autor Renato da Silva Cruz, 20 anos de posse do celular da vítima. Os envolvidos apontaram onde haviam jogado a chave do veículo e ainda foram encontradas roupas dos autores sujas de sangue. Foram localizadas testemunhas que presenciaram o autor dirigindo o veículo da vítima. 
       O autor e o menor infrator foram autuados em flagrante. Eles são irmãos e também possuem outro irmão, todos contumazes na práticas de delitos diversos como roubos, furtos, tráfico de drogas, lesão corporal e tentativa de homicídio, eram acompanhados constantemente pelos policiais e abordados.  Fonte: PM-Prata
  
Chave do veiculo roubado,  localizada em uma pastagens  após diálogo com os autores                      O celular foi encontrado de posse do autor 



sábado, 18 de março de 2017

Dois assaltantes são presos pela PM do Prata após roubo ao Posto Carga Pesada

Arma, materiais usados pelos assaltantes e dinheiro recuperado

        Durante a Operação Prevenção com Qualidade na cidade de Prata, os autores Hernando e Hélio, armados com um revólver cal .32, em uma motocicleta Honda Cg 150 de cor vermelha, utilizando capa no tanque de cor preta, anunciaram o roubo no Posto Carga Pesada, de onde subtraíram o valor de R$ 7.801,75 (sete mil oitocentos e um Reais e setenta e cinco centavos) dos caixas do posto. Em seguida tentaram evadir na motocicleta, porém ela apresentou defeito mecânico e não funcionou. Os autores então evadiram correndo a pé para dentro da cidade. Foi realizado rastreamentos e os autores encontrados e presos. Todo o valor monetário, a arma de fogo e a motocicleta apreendidos.
Moto apreendida pela PM

Motorista embriagado atropela 3 pessoas na Praça JK

Momento após o acidente com o atendimento às vítimas
Dia do acidente: 17/03/2017-Horário: por volta das 00:00
Motorista: C. R. G. Natural de Umuarama-PR
      Em contato com as vítimas, estas nos relataram que o veículo placa DDU-0230, Toyota Hilux SW4, estava trafegando pela Av. Brasilia, sentido centro, momento este que na Praça JK, em frente ao numero 163, veio a perder o controle do veículo e em ato contínuo, subiu na calçada, vindo a chocar contra um banco da Praça danificando-o, e atropelando 3 vítimas, qualificadas em campos específicos, e as quais estavam sentadas conversando, que foi observado no local dos fatos, que o condutor do veículo estava com fortes sinais de embriaguez. Dos quais, andar cambaleante, fala desconexa, hálito etílico e olhos avermelhados, que tivemos até dificuldade de tirar o condutor do veículo, devido o acentuado sintomas de embriaguez, que o condutor nos relatou, ainda, que mais cedo estava fazendo uso de bebidas alcoólicas no Bar do Rato; que as vítimas juntamente com o condutor, foram todos atendidos pelo Pronto Atendimento Municipal (PAM), conforme laudo médico; que foi realizado o recolhimento dos documentos relacionados em campos específicos, foi realizado a apreensão do veículo, conforme para o pátio da empresa Star, conforme ficha de vistoria de veículo nº 0715 e foi confeccionado 01 ALT, a qual seguirá via ofício posteriormente; que diante dos fatos, foi dado voz de prisão em fragrante delito ao condutor do veículo e este veio a ser apresentado diante da autoridade policial para providências de praxe.
                                Boletim de Ocorrência-PM/PRATA-MG


PM do Prata prende duas pessoas por tráfico de drogas com 1 kg de crack

Droga apreendida
TRÁFICO DE DROGAS EM GRANDE ESCALA NO PRATA

     Após a denuncia de elementos em atitude suspeita no pátio do Posto Pratao, as equipes da 257 Cia deslocaram até o local para realizar a abordagem. Os elementos perceberam as viaturas e evadiram pela BR 153, sentindo Frutal. Os autores Durante a fuga, dispensaram uma sacola plástica. Após intensa perseguição Policial, os dois foram abordados no Posto Tabocão, onde foram presos. Os militares retornaram para o local onde havia sido dispensada a sacola e, depois de muita insistência, foi localizado a sacola plástica com cerca de 1 kg de crack.

quinta-feira, 16 de março de 2017

Taxista Pratense morre em acidente na BR-153 causado por condutor em veículo roubado

Uma pessoa morreu e outra ficou ferida em acidente no km 147 da BR-153, por volta de 10h da noite desta quarta-feira (15). As vítimas estavam um Fiat Uno, com placa de Prata. O condutor do automóvel, Matusalém Alex Alves Souza, 39 anos, morreu no local. O passageiro dele, Wenderson Silvério de Oliveira, 39 anos, sofreu apenas ferimentos leves e passa bem. 

   De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o Uno trafegava pela BR-153, quando no entroncamento com a BR-262, foi atingido por um HB20, com placa de Goiânia, que não respeitou a sinalização existente no local e invadiu a pista, batendo violentamente na lateral do Fiat. Como o impacto, ambos os veículos foram parar fora da pista de rolamento. 

      Os ocupantes do HB20, que posteriormente a Polícia Rodoviária Federal descobriu ser roubado e possuir placa clonada, fugiram após o acidente e não prestaram socorro às vítimas. O estado de saúde deles é desconhecido, mas suspeita-se que tenham sofrido apenas ferimentos leves. A pista não chegou a ser interditada totalmente. Ambos os carros tiveram perca total.

      Acionada, a perícia técnica da Polícia Civil de Uberaba – responsável pelo trecho – compareceu ao local e realizou os serviços de praxe. Com o término do trabalho dos peritos, o corpo de Matusalém foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal). O horário e local do sepultamento ainda não foram informados. A vítima que residia em Prata, trabalhava como taxista, era casado e deixa dois filhos.

Dupla é detida após roubar e capotar carro na MG-226 em Canápolis

Polícia Militar diz que suspeito perdeu o controle do veículo (Foto: Polícia Militar/Divulgação)
Motorista foi socorrido; passageiro tentou fugir do local.
Acidente ocorreu nesta quarta-feira (15), no Km 35 da rodovia.

     Duas pessoas foram detidas nesta quarta-feira (15), na MG-226, em Capinópolis, no Triângulo Mineiro. De acordo com a Polícia Militar (PM), eles roubaram um carro em Canápolis e capotaram o veículo em seguida, no Km 35 da rodovia.
      Ainda segundo a PM, depois do acidente o passageiro do carro abordou outro veículo na estrada, roubou o carro e mandou a vítima seguir por uma plantação de milho. Quando percebeu que era seguido por policiais, ele abandonou o veículo e entrou em uma mata, onde foi capturado.
O motorista do veículo que capotou foi socorrido e levado para o Pronto Socorro da cidade. Depois do atendimento, ele também foi detido.



Comerciante Pratense acha um novo meio de protestar contra ambulantes na cidade

Tenda da New Word fez a diferença com qualidade e bom preço

É sempre notícia nos meios de comunicação em todo Brasil onde muitos  comerciantes, empresários e vendedores, que fecharam os seus estabelecimentos comerciais por alguns minutos e protestaram contra os ambulantes ilegais, que comercializam desde móveis, cintos, calçados, carteiras, redes, enxovais, até frutas, chocolates, relógios a celulares.
Não é de hoje que os comerciantes do Prata vem reclamando e protestando contra os ambulantes e as feiras itinerantes que chegam na cidade vendendo produtos de origem desconhecidas, e provavelmente sem notas fiscais, e neste caso, sem pagar os impostos devidos e com isto fazendo uma concorrência desleal com os comerciantes Pratenses que pagam seus impostos em dia e geram empregos na cidade.
Em conversa com um comerciante do centro da cidade, este me disse que os lojistas Pratenses estão sendo muito prejudicados com a presença das feiras, que não pagam impostos e não deixam dinheiro na cidade.
                Cansado de ver estes ambulantes chegando aqui no Prata e nada ser feito para proibir essa concorrência desleal,  dia 9 de março o empresário Junior Carvalho teve uma atitude, bem inusitada e muito apropriada para o caso: ao ver novamente a chegada de ambulantes na Praça XV de novembro em um caminhão vendendo as mesmas mercadorias que ele tem em sua loja, selecionou algumas mercadorias de sua loja e montou uma tenda próximo aos vendedores ambulantes na mesma Praça.
Antes de fechar essa matéria, como deve fazer todo repórter, a gente ouviu também o consumidor sobre o assunto, o que ele acha, é certo ou errado as reivindicações dos comerciantes?  Uma pessoa enviou a seguinte resposta :  “Acho muito justa a reivindicação dos lojistas, pelo que eu entendi  alguns até não querem o fechamento das feiras, eles querem igualdade nos impostos que cada um paga, um ponto importante levantado por eles diz respeito aos impostos.”
Em conversa com o setor responsável por cobrar as taxas aos ambulantes na Prefeitura do Prata, fui muito bem recebido pelo Oziel que me falou dos valores das taxas cobradas aos ambulantes, e que os valores estão sendo aumentados, para diminuir estas vendas na cidade, tanto para os ambulantes, quanto para os caminhões, onde os valores chegam até a R$557,00 por dia dependendo do tamanho e quantidade de produtos. Ainda sobre a feira itinerante que muito tem dado dor de cabeça aos comerciantes da cidade, ele me disse que a última vez que esta feira esteve na cidade,  a mesma,  pra evitar que não fosse autorizada seu funcionamento, abriram firma aqui na cidade mas que a mesma agora também não tem mais autorização para funcionar.
Como não somos dono da verdade, que cada um continue com o que acham melhor, todos tem o direito de trabalhar, os  comerciantes que pagam impostos e dão empregos, e os ambulantes, que na maioria não tem outra fonte de renda e se estão longe de casa é porque não tem outra opção, se estão trabalhando, devem ter também os seus direitos. Que os Lojistas tenham preços justos para nós consumidores, e para não perderem clientes, que sejam mais unidos e participativos com Associação comercial da nossa cidade que busca sempre por inovações e luta pelos direitos dos associados, e que invistam mais em atendimento e melhoria no seu ramo de atividade. Se os nossos comércios tiverem preços competitivos, mercadorias de qualidade e um bom atendimento, quem teria motivos para comprar dos ambulantes e das feiras itinerantes?
Reportagem e fotos: Gil Martins
Caminhão de outra cidade com produtos de plásticos a partir de R$1,00


Dois irmãos são detidos por latrocínio em Prata

  Ferramentas utilizadas na morte dá vítima   PRISÃO DE AUTORES DE LATROCÍNIO EM PRATA       Após constatação de Roubo seguido de mor...